Glossário de Saúde

Malabsorção

Defeito da absorção digestiva das gorduras, das proteínas, dos glícidos e das vitaminas (nomeadamente da vitamina B12). O conjunto das diversas perturbações que dela resultam, bem como as suas manifestações clínicas, são por vezes designadas por síndrome de malabsorção.

 


Malformação

Modificação patológica congénita e permanente de um órgão, de uma parte do corpo ou de todo o organismo.


Malnutrição

Estado de nutrição insatisfatório que resulta da subalimentação, de superalimentação, alimentação desequilibrada ou assimilação imperfeita (malabsorção).


Mamografia

Radiografia da glândula mamária, sem qualquer preparação prévia (sem opacificação por meio de contraste).


Mastectomia

Extração cirúrgica, total ou parcial, da mama.


Matriz Ungueal

Zona na qual se gera a unha, constituída pela derme onde se implanta a raiz ungueal.


Medula Óssea

Tecido de consistência mole que preenche a parte central dos ossos longos e as diferentes cavidades e aréolas dos ossos esponjosos. A sua coloração e composição variam essencialmente com a idade do indivíduo. A medula vermelha, presente no feto e na criança, é rica em células conjuntivas jovens (entre elas as que estão na origem das células sanguíneas) e em vasos sanguíneos; tem um papel importante na ossificação e na hematopoiese. A medula amarela do adulto, rica em células adiposas, preenche o canal central da diáfise dos ossos longos.
 


Melanina

Pigmento castanho-escuro ou negro, presente normalmente na pele, cabelos, membranas do olho, certas regiões do cérebro e, patologicamente, em certos tumores (nevos, melanomas) e na urina. É elaborado pelas células da camada basal da epiderme.


Melanoma

Tumor formado por células capazes de produzir melanina, localizado sobretudo ao nível da pele e do olho. Pode tratar-se de um tumor benigno (ex.: um nevo, comummente conhecido como sinal na pele) ou de um tumor maligno (também chamado melanoblastoma), localizado na pele ou no globo ocular.


Meninges

Conjunto das três membranas que envolvem inteiramente o eixo cerebrospinal. São, de fora para dentro, a dura-máter, a aracnóide e a pia-máter.


Meningite

Inflamação, aguda ou crónica, das meninges cerebrais (meningite cerebral), das meninges espinhais (meningite espinhal) ou das meninges com ambas as localizações (meningite cerebroespinhal). Manifesta-se por sintomas como febre, cefaleias, vómitos, convulsões, rigidez da nuca, delírio, estrabismo, sonolência, paralisias, etc.). A causa das meningites é muito variada, podendo ser traumática, infeciosa (bacteriana, viral, parasitária), etc.


Meningococo

Diplococo Gram-negativo, em forma de grão de café, agente da meningite cerebrospinal. Pode subsistir nos portadores de germes (especialmente na faringe), sem provocar a doença.


Menopausa

Paragem da função ovárica que ocorre por volta dos 50 anos e após a qual deixam de existir a ovulação, a fecundação e a menstruação. Nome popular: idade crítica.
 


Menstruação

Corrimento fisiológico de sangue pela vagina, que ocorre periodicamente com intervalos de 25 a 31 dias (em média 28 dias) na mulher em estado de saúde normal, desde a puberdade até à menopausa. A menstruação dura normalmente 3 a 6 dias; está ausente durante a gravidez e muitas vezes também durante o período de aleitamento.


Metabolismo

Conjunto das transformações químicas e físico-químicas que ocorrerem em todos os tecidos do organismo, sofridas pelos constituintes da matéria viva.


Metástase

Foco de células cancerosas, relacionado com um cancro preexistente, chamado «primitivo», mas que se desenvolve à distância deste último e sem continuidade com ele. Ordinariamente, é produzido pela proliferação de células provenientes do tumor primitivo que chegam a um ponto determinado do organismo, quer por um canal natural (ex.: brônquios, canal biliar), quer por via vascular sanguínea ou linfática, o que é muito mais frequente.
 


Mialgia

Dor muscular.


Micção

Ação de urinar.


Micose

Qualquer afeção parasitária provocada por um fungo.


Micróbio

Nome dado a qualquer organismo invisível a olho nu e mais especialmente aos que são suscetíveis de provocar infeções.


Microrganismo

Organismo vivo, invisível a olho nu devido às suas pequenas dimensões.


Miocárdio

Músculo estriado reticulado espesso, que constitui a quase totalidade da parede do coração. É revestido interiormente pelo endocárdio e exteriormente pelo epicárdio e pericárdio.


Monócito

Tipo de glóbulo branco de grandes dimensões, mononuclear, que se origina na medula óssea e se desloca pela corrente sanguínea até aos tecidos.


Mórbido

Relativo a doença.
 


Muco

Produto de secreção das glândulas mucosas e que contém, para além de outros constituintes, água, sais, células descamadas e leucócitos. O muco exerce uma função protetora das mucosas que cobre.


Mucosa

Membrana de revestimento das cavidades naturais do organismo, cuja superfície está sempre ligeiramente húmida.


Músculo

Órgão dotado da propriedade de se contrair. Os músculos são classificados em dois grupos: músculos lisos e músculos estriados.


Mutação

Mudança brusca e permanente de um ou mais caracteres hereditários que ocorre espontaneamente ou provocada por diversos agentes. O mecanismo pode ser cromossómico: modificação do número, da distribuição ou da estrutura dos cromossomas; ou génico: modificação de um só gene ou de um pequeno número de genes.


Referências bibliográficas

[1] Infopedia segundo Dicionários Porto Editora. Termos Médicos de 2017. Disponível aqui. Acesso em: Outubro 2017

[2] Médicos de Portugal. Glossário de 2017. Disponível aqui. Acesso em: Outubro 2017

Marcação de consultas online

Marque a sua consulta online de forma cómoda e segura.
Após preencher todos os dados e submeter a marcação, entraremos em contacto consigo para confirmar o agendamento.

Pedido de marcação